Minha Experiência em Inkiri, Piracanga

Queridos,

Demorei um pouco para contar a vocês como foi minha experiência em Piracanga propositalmente. Foi muito intenso para mim, e muitas coisas se moveram dentro de mim.

Meu propósito em ir para lá foi fazer o retiro de leitura de aura (sim, sei ler auras agora!) e conhecer esse lugar tão paradisíaco.

Fato é: acredito que o que mais me moveu lá foi a possibilidade de viver efetivamente em uma comunidade, com seus valores próprios, do que o curso per se.

Explico: Piracanga é uma comunidade, na essência da palavra. Tudo o que é feito lá é pensado no macro, no todo, inclusive na construção de um lugar do qual querem fazer parte. Por consequência, evidentemente, há construção de um mundo melhor, mais consciente.

1. Sobre o Lugar

Eu, que moro em São Paulo, cheguei lá e já foram diversos choques. Primeiro, a história de ter que usar produtos biodegradáveis. Lá, eles não usam sistema de esgoto, então qualquer produto químico vai direto para o lençol freático que usam. Basicamente, descobri que usar qualquer produto não-biodegradável (desodorantes, por exemplo, que contém álcool e outras propriedades que saem quando tomamos banho) é o mesmo que jogá-lo no seu próprio copo d’água.

Lá, também, não usam energia elétrica, apenas solar. Ou seja, usou secador de cabelo, ferro de passar, ou qualquer outro tipo de equipamento de resistência, acaba com a luz DE TODOS. Além disso, apenas para quem vai para lá se preparar psicologicamente, banho com água quente é lucro, viu? Tomei banho gelado todos os dias…

No tópico dos produtos químicos novamente… Gente, sem produto químico, nem para lavar banheiro. Você está no meio do mato (Piracanga está a 2 horas de distância de Ilhéus, usando 4×4), advinha o que aparece no banheiro e demais cômodos? Barata, morcego, sapo, rato… Sim. Pois é. Já vão preparados psicologicamente.

De qualquer forma, são nesses momentos em que começamos a entender o efetivo significado de comunhão. Em Piracanga, não é admitido nenhum tipo de sofrimento animal. Isso inclui o tópico acima, e também a alimentação, que é vegana. Confesso que achava veganismo um tanto exagerado e difícil de ser cumprido (eu sou vegetariana e já sofro), mas a verdade é que lá você percebe o quão maravilhoso é viver dessa forma.  Nunca senti meu corpo tão bem, tão leve, depois dessa desintoxicação proporcionada no retiro. Poderia ficar horas escrevendo para vocês quantas máscaras que usava caíram para mim.

AH, e tem a história dos banheiros secos também. Lá, vai ter alguém cuidando do seu cocô SIM! Como tudo lá é pensado e eco-friendly, eis que surgiram com a solução para nosso cocô: torná-lo adubo. Foi realmente absurda a recuperação do terreno de Piracanga, dentro de um período de 10 anos. A ideia é simples: você faz o cocô em banheiros específicos, coloca cerragem e fecha a tampa (parece uma privada normal). Por um mundo mais limpo!

2. Retiro de Leitura de Aura

Sobre o curso em si: são 9 dias no total. No primeiro dia você aprende a fazer a meditação das rosas; por 7 dias falam e fazem exercícios relacionados a cada um dos 7 chakras; e finalizamos com o dia do branco.

Depois que aprendemos no primeiro dia, em grupo fazemos todos os dias a meditação das rosas por uma hora, que é a nossa limpeza e proteção energética, tomamos café e depois o curso começa.

É bastante intenso. das 9am até as 17 é o curso per se. Das 17:30 às 19 alguma palestra (tivemos todos os dias, desde temas como economia local até nutrição). Das 19 às 20 jantar, e das 20 até às 21:30 mais ou menos alguma vivência.

A ideia é fazer um retiro mesmo. Tirar um tempo para si e para se cuidar, para olhar para dentro e se curar. Por isso eles tiram nosso celular (no sentido metafórico) e nos dão opção de dieta liquída também (são 3 cocos, que você bebe a água e pode comer a carninha e eles serevem sucos nos momentos das refeições e breaks). Para quem não quiser, eles dão uma opção menos restrita, mas também MUITO leve (basicamente o mesmo, incluindo sopas à vontade no período da noite).

No curso você recebe iniciação em Reiki, também.

3. Insights

Foram demais. Ainda estou nesse processo de absorver e integrar tudo o que aprendi e quero levar para minha vida, mas assim que me sentir pronta, compartilho com vocês s2

Vamos juntos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s